Pular para o conteúdo principal

Quem nada retém para si e tudo se despoja em Deus entende a verdadeira doação.

 
O Rei Davi demonstrava grande zelo em construir o templo do Senhor, ele não somente tinha amor as coisas de Deus, como consequência desse amor desmedido possuía muitas riquezas sem deixar-se possuir por elas.
 
Como rei que era ,eram lhe garantidos todos os favores e bens que quisesse. Davi pôs-se então a construir o templo do Senhor, todos os donativos: ouro, objetos de prata, ferro, pedras preciosas, eram empregados para a edificação do templo. O povo entusiasmado com o despojo do rei em doar tudo com amor responderam à sua pergunta: "Quem quer, ainda hoje, oferecer espontaneamente donativos ao Senhor?" (1crônicas 29,5b). Chefes de milhares de famílias fizeram então donativos VOLUNTÁRIOS, segundo o dicionário voluntário é aquele que :"faz sem constrangimento ou coação; espontâneo."
 
Eles faziam essas doações sem constrangimento e com espontaneidade, e também se alegravam por doar parte de suas riquezas e o serviço braçal ao templo. " O povo se alegrava , pois era de coração generoso que as faziam ao Senhor . E o próprio rei Davi sentiu uma grande alegria" (1 crônicas 29,9). Não seriam imputado mérito algum se não fizessem tudo com o coração centralizado em Deus, belo aos olhos de  Deus não é o que a nós parece estupendo , a verdadeira doação se encontra também na simplicidade.
 
"Eu entendi perfeitamente que sem o AMOR todas as obras são nulas, são nada. Até mesmo as obras mais brilhantes." (Santa Teresinha do Menino Jesus).
  Santa Teresinha é um grande exemplo de simplicidade, zelo e muito amor. Dizia ela que sua vocação era o amor,  não houve quem se opôs diante de uma vida entregue ao serviço do templo. Talvez o que o Senhor queira de nós hoje não seja apenas doações materiais, ele nos pede também a nossa vida como um gesto voluntário do nosso coração. O templo que precisa ser edificado hoje através de nós é um templo construído com testemunhos, a Igreja precisa de vidas, nessa obra em que os grandes santos são os construtores.
 
 Tudo fica mais claro quando entendemos como Davi que tudo que fazemos é apenas retribuir o que Deus nos deu, nós devolvemos a Ele o que lhe é de direito." Quem sou eu e quem é meu povo, para que possamos fazer-vos voluntariamente estas oferendas? Tudo vem de vós e não oferecemos senão o que temos recebido de vossa mão." (1crônicas 29,16). O rei entendeu tão claramente que tudo provinha de Deus ,pedindo a Ele a graça de ser sensível a esse amor que tudo doa, um coração sensível e que não age por vaidade.
 
"Senhor Deus de Abraão, de Isaac e de Israel, nossos pais, guardai sempre no coração de vosso povo estas disposições e sentimentos e dirigi seu coração para vós" (1crônicas 29,18).
 
 Em Lucas 21 chama-nos a atenção um trecho em especial, a oferta da viúva, Jesus observava que os ricos deitavam as suas ofertas no cofre do templo (quantidade que não deveria ser pequena). Ele então viu também uma pobrezinha deitar duas pequeninas moedas.(duas pequeninas moedas: dois leptos- a menor moeda grega daquele tempo) .
 
Penso ter sido humilhante ,ela diante de todas as riquezas que eram depositadas por outras pessoas só poderia apresentar isso ao Senhor, o que causaria um certo bloqueio de entregar a Deus por vergonha da sua oferta. Mas ela não se deixou paralisar por isso, não somente deu a sua miséria, como a deu inteiramente. Hoje, as pessoas diriam que seria uma negligência entregar tudo dessa maneira, eu prefiro chamar de fé. Quem tem fé não para em qualquer obstáculo, não se intimida em anunciar no que põe sua confiança. Quem tem fé não tem medo do que poderá acontecer amanhã, não teme a decisão. Crer na providência de Deus, depositar tudo em suas mãos, entregar a Deus o que é d'Ele por direito, deitar a miséria aos pés da sua cruz, não é impotência, pelo contrário, é confiança.
 
 Descobri que o amor nos transforma de uma maneira que o amante já não consegue seguir outro caminho que não seja o do seu amado. O amante não cogita se afastar do seu querido e se ele distancia por determinado tempo a saudade é tão forte que ela mesmo se incumbe de voltar os seus braços de encontro ao outro.

 

Postagens mais visitadas deste blog

SANGUE INUNDARÁ O BRASIL" - PROFECIA DE NOSSA SENHORA SOBRE O BRASIL EM 1936

"O
Os 3 grandes castigos! Fez-se inexplicável silêncio sobre as aparições de Nossa Senhora no agreste pernambucano em 1936 e caíram no esquecimento. Mas a Ssma. Virgem anunciara que viriam tempos calamitosos e três grandes castigos para o Brasil. No primeiro artigo, reproduzido abaixo, seu autor comenta essas previsões sobre o prisma da crise da Igreja e a ameaça comunista ao Brasil. O segundo texto, do grande lutador Pe. Júlio Maria, apresenta uma pormenorizada narração dessas aparições de 1936 em que Nossa Senhora anunciou que o sangue inundará o Brasil.
A VIRGEM SANTÍSSIMA AFIRMA QUE O BRASIL PASSARÁ POR UMA SANGRENTA REVOLUÇÃO PROMOVIDA PELO COMUNISMO! FRANCISCO ALMEIDA ARAÚJO *
Todos quantos me conhecem através de meus escritos, palestras, cursos e programas de Rádio e Televisão promovidos em todas as regiões do nosso querido Brasil, sabem da minha relutância em divulgar revelações particulares ainda não reconhecidas pelo Magistério da Igreja. No entanto, de todas as “revelações pa…

Reflexão sobre o Evangelho segundo S. Lucas, cap. 14, vs. 25 a 33

Leitura do Evangelho do 23º Domingo do Tempo Comum



No capítulo 14 do Evangelho segundo S. Lucas, vemos Jesus que quer preparar a todos os seus seguidores para o seu Sacrifício na Cruz, bem como para as consequências que implicam da decisão de segui-lo. O Senhor, com imensa decisão, resolve partir para Jerusalém, mesmo sabendo que caminha para a sua própria morte.
No versículo 25, Jesus vê que não está sozinho: grandes multidões o acompanhavam. O texto original em grego enfatiza que aquelas pessoas “caminhavam junto” com Ele. Aquelas pessoas vão com o Senhor, e Ele quer alertá-las, torná-las conscientes de para onde estão indo e em que implicará a decisão de acompanhá-lo. Parando no meio da jornada, Ele se volta para essas pessoas e lhes diz algo como: “Vocês querem ir comigo, mas vocês sabem qual é a realidade de ser meu discípulo?”.
Aquilo que devemos dar a Deus Pai, conforme descreve o capítulo 6 do Livro do Deuteronômio, ficamos sabendo que devemos dar também a Deus Filho: “Amarás o…

Moringa, uma planta com imensos benefícios

Se ainda não ouviu falar da moringa, vai, neste artigo ficar a conhecer uma planta com bastantes benefícios para a saúde e o bem-estar do corpo. Moringa (Moringa oleifera) é uma planta de origem tropical ainda pouca conhecida na Europa, embora o seu uso como suplemento dietético comece pouco a pouco a estender-se. Um número cada vez maior de estudos científicos associam a ingestão de moringa em pó com inúmeros benefícios para a saúde, como a melhoria da pressão arterial, da glicose, a redução do colesterol, entre os outros. A árvore da Moringa Oleifera atinge uma altura de 7-12 metros é, originária das zonas próximo do Himalaia (Índia e Paquistão), e muito popular em países tropicais e subtropicais da África, Ásia (Filipinas, Camboja), América do Sul e Central e no Havaí, onde também é cultivada. Moringa – um potencial suplemento dietético A árvore de Moringa vem sendo usada ao longo dos tempos como uma planta medicinal. Sendo por isso conhecida como árvore milagrosa. Todas as partes …