Pular para o conteúdo principal

Porque o Cristão deve Ter Boas Maneiras?


São Francisco de Salles era conhecido como um Santo Cavalheiro porque sua caridade exprimia-se exatamente pela delicadeza de seus modos no trato com os outros.

No convívio social as pessoas educadas tendem a ser mais estimadas e chegam a influenciar mais efetivamente na vida em sociedade do que pessoas rudes ou mesmo apenas insensíveis e indiferentes. As pessoas educadas chegam muitas vezes, a ultrapassar as perspectivas do seu cargo ou capacidades objetivas por causa da sua educação. 

Além disso, quando a qualidade humana de uma pessoa chega ao nível de um santo como, por exemplo, São Francisco de Salles, seu exemplo e influência alcançam toda a humanidade e permanecem como referência ao longo da História.

Para chegarmos a ter uma qualidade humana digna de nota, não podemos negligenciar ou subestimar as infinitas oportunidades que nos oferecem a vida em sociedade de crescer em virtude, em boa educação cotidianamente. 

Chequemos alguns pontos para vermos se somos educados e finos efetivamente.

Pontos Práticos para Verificar nossa Educação na Vida Cotidiana

  1. Como você fecha a porta? 
  2. Todo mundo escuta ou seus passos? 
  3. Quando você arrasta uma cadeira para sentar-se todos os seus movimentos são ouvidos por todos a ponto de tirá-los do que estão fazendo? 
  4. Como você se senta? Com barulho, de pernas abertas, anunciando que não está nem aí para os outros? 
  5. Você se senta em cima de móveis que não foram feitos para sentar como uma mesa, por exemplo? 
  6. Como você trata as coisas? E o meio ambiente?
  7. Pega todas as balas oferecidas em cortesia no restaurante com aquela "mão grande" aberta dizendo " - Oba! agora vou compensar o que gastei no almoço pegando o máximo de balas que puder, porque o dono deste restaurante já está rico! 
  8. Urina na rua, destrói canteiros, sobe com o carro em calçadas e faz o que quer sem se incomodar com o convívio e as boas práticas de cidadania? 
  9. E assim com desculpas que lhe acobertam os erros vai desrespeitando pessoas, leis e objetos e fazendo só o que quer? 
  10. Em casa deixa tudo para os outros fazerem, não se interessa por nada que não seja sobre você, não recolhe a sua bagunça que deixa pela casa, reclama de tudo, faz exigências que mortificam os outros, etc? 
  11. Você é habitualmente educado ou só quando está na frente de pessoas importantes? Se fosse visto sozinho seus modos seriam iguais aos quando está em público? Ou seja, se ninguém está olhando você bebe água da garrafa de água com a porta da geladeira aberta, mas se está com amigos num restaurante discorre sobre altos padrões de higiene que todo restaurante deveria ter? 
É preciso cultivar boas maneiras e virtudes ao longo do dia e em todas as circunstâncias da vida em sociedade porque nossos modos refletem o que realmente somos. Faça de todos os seus dias, ocasiões de melhora e não de "treino" em preguiças e adiamentos. 

Pontos Práticos para ser Educado em Sociedade 

  1. Lembre-se: "Além disso, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é nobre, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso e louvável, eis o que deve ocupar vossos pensamentos."(Filipenses, 4,8) Leia mais aqui:
  2. Procure desenvolver atos cotidianos das virtudes mais apreciadas pelos homens no convívio social como a sinceridade, a justiça, a fidelidade, honrar a palavra dada, a boa educação, a moderação em falar e em se expandir, os bons sentimentos, a fortaleza. 
  3. Trate o rico e o pobre, o igual e o diferente, o da sua família e o que não é, o colega de trabalho que se gosta e o que não se gosta, os vizinhos, etc. sempre com a mesma educação. Não se deixe levar por preconceitos e ideologias que o façam faltar com a justiça e o respeito devido a todos os homens. 
  4. Seja bom em termos práticos e cotidianos através de gestos habituais de consideração, cortesia e boas maneiras. Por exemplo 
  5. Cumprimente com um sorriso e não apenas "pro forma", a todos e sempre e não quando "estiver a fim", ou quando "aprovar" o vizinho. 
  6. Oriente com paciência e atenção um turista que lhe peça informação, inclusive sem pressa, com atenção, sem mentiras e sem precipitações. Se não souber a informação não dê uma errada para não ficar mal. Fale a verdade. 
  7. Dê atenção cuidadosa e personalizada aos filhos. Não espere situações ideais nem os problemas acontecerem para falar com seus filhos. Lance mão de recursos práticos como usar uma agenda de assuntos a ser tratados com eles, use processos mnemônicos para lembrar detalhes que possam alegrar sua esposa, seus pais. 
  8. Ajude a quem precisa gratuitamente: carregue as compras para sua esposa, ofereça-se para levar as crianças, pessoas idosas no seu carro para o que elas precisam. 
  9. Diga em amo você a quem você ama. 
  10. Dê atenção às pessoas sinceramente. Ouça o que elas dizem e fale sobre o que elas acabaram de contar e não sobre o que lhe interessa falar ou sobre o que se lembrou a partir do que ouviu. Acompanhar as pessoas é falar sobre o que elas lhe disseram e é ouvi-las no que dizem. Ouvir só o que lhe interessa porque já "presumiu" o que a outra pessoa é e lhe colocou uma etiqueta na testa dando-lhe um atendimento "clichê", beira a canalhice. 
  11. Peça desculpas, ofereça perdão. 
  12. Mesmo que a pessoa não tenha razão, tire por menos para promover a harmonia. 
  13. Não devolva à irritação dos outros expressas em rispidez, impaciência, ultrapassagem indevida, mais impaciência, grosseria ou violência. Deixe ir o mal, que ele não lhe pegue para que não se prolongue. 
  14. Esqueça uma dívida de um amigo. Esqueça ressentimentos, águas passadas. 

A boa educação se desenvolve quando praticamos cotidianamente várias virtudes. Faça a sua lista com uns 10 itens cotidianos nos quais você poderia desenvolver alguma virtude: Ordem: arrumar a própria cama todos os dias, sem exceção. Cooperação Familiar: Fazer um serviço extra que ajude os demais sem se fazer notar, etc.

Texto da Imagem:

"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "

Compartilhe esta postagem na sua Rede Social

Postagens mais visitadas deste blog

SANGUE INUNDARÁ O BRASIL" - PROFECIA DE NOSSA SENHORA SOBRE O BRASIL EM 1936

"O
Os 3 grandes castigos! Fez-se inexplicável silêncio sobre as aparições de Nossa Senhora no agreste pernambucano em 1936 e caíram no esquecimento. Mas a Ssma. Virgem anunciara que viriam tempos calamitosos e três grandes castigos para o Brasil. No primeiro artigo, reproduzido abaixo, seu autor comenta essas previsões sobre o prisma da crise da Igreja e a ameaça comunista ao Brasil. O segundo texto, do grande lutador Pe. Júlio Maria, apresenta uma pormenorizada narração dessas aparições de 1936 em que Nossa Senhora anunciou que o sangue inundará o Brasil.
A VIRGEM SANTÍSSIMA AFIRMA QUE O BRASIL PASSARÁ POR UMA SANGRENTA REVOLUÇÃO PROMOVIDA PELO COMUNISMO! FRANCISCO ALMEIDA ARAÚJO *
Todos quantos me conhecem através de meus escritos, palestras, cursos e programas de Rádio e Televisão promovidos em todas as regiões do nosso querido Brasil, sabem da minha relutância em divulgar revelações particulares ainda não reconhecidas pelo Magistério da Igreja. No entanto, de todas as “revelações pa…

Reflexão sobre o Evangelho segundo S. Lucas, cap. 14, vs. 25 a 33

Leitura do Evangelho do 23º Domingo do Tempo Comum



No capítulo 14 do Evangelho segundo S. Lucas, vemos Jesus que quer preparar a todos os seus seguidores para o seu Sacrifício na Cruz, bem como para as consequências que implicam da decisão de segui-lo. O Senhor, com imensa decisão, resolve partir para Jerusalém, mesmo sabendo que caminha para a sua própria morte.
No versículo 25, Jesus vê que não está sozinho: grandes multidões o acompanhavam. O texto original em grego enfatiza que aquelas pessoas “caminhavam junto” com Ele. Aquelas pessoas vão com o Senhor, e Ele quer alertá-las, torná-las conscientes de para onde estão indo e em que implicará a decisão de acompanhá-lo. Parando no meio da jornada, Ele se volta para essas pessoas e lhes diz algo como: “Vocês querem ir comigo, mas vocês sabem qual é a realidade de ser meu discípulo?”.
Aquilo que devemos dar a Deus Pai, conforme descreve o capítulo 6 do Livro do Deuteronômio, ficamos sabendo que devemos dar também a Deus Filho: “Amarás o…

Moringa, uma planta com imensos benefícios

Se ainda não ouviu falar da moringa, vai, neste artigo ficar a conhecer uma planta com bastantes benefícios para a saúde e o bem-estar do corpo. Moringa (Moringa oleifera) é uma planta de origem tropical ainda pouca conhecida na Europa, embora o seu uso como suplemento dietético comece pouco a pouco a estender-se. Um número cada vez maior de estudos científicos associam a ingestão de moringa em pó com inúmeros benefícios para a saúde, como a melhoria da pressão arterial, da glicose, a redução do colesterol, entre os outros. A árvore da Moringa Oleifera atinge uma altura de 7-12 metros é, originária das zonas próximo do Himalaia (Índia e Paquistão), e muito popular em países tropicais e subtropicais da África, Ásia (Filipinas, Camboja), América do Sul e Central e no Havaí, onde também é cultivada. Moringa – um potencial suplemento dietético A árvore de Moringa vem sendo usada ao longo dos tempos como uma planta medicinal. Sendo por isso conhecida como árvore milagrosa. Todas as partes …