Pular para o conteúdo principal

Os 3 maiores motivos das pessoas desistirem no Marketing de Rede

Já conseguiu patrocinar alguém? Esse post foi feito para você, que deseja que as pessoas que você patrocinou obtenham sucesso e não desistam.

As desistências no Marketing de Rede ocorrem pelos motivos mais diversos. Entretanto, há alguns motivos que respondem por grande parte dessas desistências. É muito importante para você identificar e se antecipar aos 3 motivos de desistências para que sua downline cresça de maneira saudável.

1- Fluxo de Caixa Negativo (ou muito baixo)

marketing-de-rede-cashflow
Não perca o seu dinheiro
Em Finanças, o fluxo de caixa (designado em inglês por “cash flow”), refere-se ao montante de caixa recebido e gasto durante um período de tempo. É basicamente o dinheiro que entra (ou sai) por mês no seu negócio de Marketing de rede.
Se você estiver perdendo dinheiro (fluxo de caixa negativo) todo mês na sua empresa escolhida você está fazendo algo errado. A causa principal dessas perdas são atividades equivocadas por parte dos distribuidores.
Eu já comentei sobre a péssima prática de fazer estoque. Eu tenho certeza que todas as pessoas entram no marketing de rede para ganhar dinheiro, não perder. Se um novo distribuidor tiver perdas recorrentes, não irá demorar muito para que ele desista.
A solução desse problema é bem simples: Venda os produtos ou recrute mais pessoas.
Eu sei que muitos têm seu trabalho tradicional e ainda precisam dedicar tempo para recrutar novas pessoas. Ainda ter que separar tempo para vender os produtos pode ser bastante complicado. Também há o fato que muitas pessoas têm aversão ou resistência a idéia de se tornar um vendedor.
Caso você não queira (ou não tenha tempo) para vender os produtos, você deve entender que precisará operar em fluxo de caixa negativo por um tempo. Lembre-se que você terá que recrutar o máximo de pessoas que você conseguir para começar a ter lucro.
Agora, se você não pode ficar em negativo no seu negócio, você irá precisar vender os produtos. Com essa opção você começa a ter lucro desde o início. Ensine isso aos seus novos distribuidores para que eles não tenham prejuízo.

2- Treinamento Inexistente ou Inadequado.

Esse é um ponto chave para manter as pessoas que você recruta. Quando um novo distribuidor entra no negócio, ele não tem muita confiança no que fazer. Seu patrocinador então ensina o que ele tem que fazer: sua lista, ligar para os amigos, falar sobre a oportunidade, experimentar e estudar os produtos, etc.
O que não ensinam é como fazer.
É a mesma coisa que você chegar para um mecânico, dar a ele os materiais e manda-lo construir uma casa. Você não pode fazer o que você não sabe como fazer.
Muitos “líderes” fazem um grande esforço para que você entre na oportunidade deles e depois simplesmente abandonam sua downline à própria sorte, sem instruí-los corretamente.
Com quais pessoas eu devo falar no início? Como lidar com meus familiares dizendo que eu estou em uma pirâmide? Como chamar as pessoas para o negócio sem parecer desesperado? O que dizer quando me acusam de estar desenvolvendo uma atividade ilegal? Como fazer reuniões? Como vender os produtos?
Você não deve responder todas essas questões imediatamente. Informação demais de uma só vez causa um fenômeno chamado “paralisia por excesso de informação”, na qual a pessoa fica desnorteada e confusa sobre como proceder.
Porém, para ter sucesso, você irá precisar dar as respostas para sua downline. Sendo líder você deve ajudar os seus patrocinados a estabelecer um plano de ação, aprender algumas habilidades necessárias (prospecção, recrutamento). Uma downline mal instruída é uma downline que desiste.
Treine bem seus patrocinados, o seu sucesso depende deles.

3- Não ter Pessoas com quem falar (Prospectos)

O ultimo motivo acontece com pessoas que já falaram com seus amigos e familiares, recrutou alguns do seu círculo social. Também acontece com novos distribuidores teimosos que não querem falar com sua família e amigos sobre a sua oportunidade.
Se você não falar com pessoas novas, você não irá recrutar novos distribuidores no marketing de rede.
Eu conheço alguns distribuidores que alcançaram certo sucesso e depois simplesmente estagnaram. Então, muitos começam a cometer o erro de virarem administradores da sua downline e param de recrutar novas pessoas.
A menos que você já tenha alcançado sua independência financeira; parar de recrutar é um erro.
Saber como gerar novos contatos é importante para as pessoas que estão nessa etapa. Dica: Não compre listas de contatos, elas normalmente não valem a pena.
Para um distribuidor que precisa gerar mais prospectos, investir no Marketing de Atração é uma ótima idéia.

E quanto a você?

Sua downline anda desistindo? Você já desistiu de algum Marketing de Rede? Por que? Compartilhe as suas experiências na seção de comentários.

Marco Blohem 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Costumes Matrimoniais nos Tempos Bíblicos: Casamento, Levirato, Violações do Casamento, Pessoa solteira e Divórcio"

Nos tempos bíblicos, o primeiro passo no casamento era dado pelo homem ou por sua família (Gênesis 4:19; 6:2; 12:19; 24:67; Êxodo 2:1). Geralmente, as famílias do casal faziam o arranjo do casamento. Assim Hagar, como chefe da família "o casou [Ismael] com uma mulher da terra do Egito" (Gênesis 21:21). Estando Isaque com quarenta anos de idade, era perfeitamente capaz de escolher sua própria esposa (Gênesis 25:20); no entanto, Abraão mandou seu servo a Harã a fim de buscar uma esposa para Isaque (Gênesis 24). Abraão deu ao servo duas ordens estritas: A noiva não podia ser cananeia, e devia deixar o lar paterno para viver com Isaque na Terra Prometida. Em circunstância alguma devia Isaque voltar a Harã para viver de acordo com o antigo modo de vida da família. O servo de Abraão encontrou a orientação do Senhor em sua escolha (Gênesis 24:12-32). Então, segundo o costume da Mesopotâmia, ele fez os arranjos com o irmão e a mãe da moça (Gênesis 24:28-29, 33). Ele selou o acordo …

SUPORTAI-VOS UNS AOS OUTROS...

Muitas vezes tive que ouvir ou ler interpretações estranhas deste apelo que o Apóstolo Paulo faz à comunidade cristã que vivia em Colossos. Dizem que havia problemas e divisões tão graves dentro da comunidade, que Paulo já nem pode dizer-lhes “Amai-vos uns aos outros!”, mas se fica pelo apelo a que todos se aturem o melhor possível.
“Suportai-vos uns aos outros” não significa “Aturai-vos!”, mas antes “Sede o suporte uns dos outros!” É um apelo à comunhão mais profunda, à solidariedade mais consequente, à presença mais fraterna!

As comunidades de discípulos de Jesus devem nascer da escuta do Evangelho proclamado como um grito pascal que abre as pessoas à Esperança, ao desejo de uma Alegria maior e de uma  Liberdade duradoura...

No centro destas comunidades deve estar a experiência de Deus descoberto progressivamente no encontro com o Jesus dos evangelhos, no encontro com os irmãos, no discernimento dos acontecimentos quotidianos e na celebração  da Vida.
Deve tornar-se um espaço de partilh…

Operações de cocaína e nariz

Médicos clínicas de cirurgia plástica têm muito a dizer sobre os efeitos do uso de cocaína em muitos pacientes, alguns deles bem conhecidos e populares personagens que têm necessidade das mãos experientes do sono cirurgião.Reparação de um nariz consumida por drogas não é tarefa fácil, é uma operação muito complicada e perigosa para a saúde do paciente. Dado o grande aumento que ocorreu nos últimos anos, o presidente da Sociedade Espanhola de Cirurgia Estética apelou aos seus colegas de profissão para ser vigilante e não se deixe enganar pelos clientes de cocaína que vêm à consulta perguntando retocar o nariz ou problemas respiratórios que reivindicam. Quando se trata de comércio, parece que a verdadeira razão do problema e as complicações podem ser fatais e difícil de resolver. Reconstruir um nariz consumida por drogas é um trabalho que exige mãos experientes, seis ou sete horas de cirurgia e várias sessões até que esteja pronto.Os danos que a cocaína faz com que o nariz é terrível, po…