Pular para o conteúdo principal

Por que o Liberalismo não é a solução


Adam Smith e Karl Marx: diferentes, mas com alguma coisa em comum

Por Igor Andrade – Assoc. São Próspero e Grupo Somar para Vencer

NESTES TEMPOS de crise política e social, – não só no Brasil, mas no mundo, – já é um fato evidente que o socialismo, nas suas mais variadas formas de se apresentar, não é um caminho viável. Seja do ponto de vista econômico, seja do ponto de vista ético e político, o socialismo nunca deu e nunca dará certo, porque contraria a própria natureza humana, tratando o homem não com a “dignidade de ente racional”1, mas como um número ou como um mero animal. No fim, "os porcos viram os homens"2.

Do outro lado, está o Liberalismo , muito atrativo com suas comidas deliciosas, seu cinema repleto de efeitos especiais, seus videogames viciantes, suas armas semiautomáticas, sua liberdade... Lembra-me muito uma situação que todos – exceto, talvez, Nossa Senhora (mas não tenho certeza quanto a isso) já passamos, inclusive o Cristo: a tentação ao pecado:

O demônio transportou-o uma vez mais, a um monte muito alto, e lhe mostrou todos os reinos do mundo e a sua glória, e disse-lhe: Dar-te-ei tudo isto se, prostrando-te diante de mim, me adorares.
(Mt 4, 8-9)

Muito semelhante à proposta de um mundo liberal, não é? Quem assistiu ao filme “O Lobo de Wall Street”3 sabe bem do que estou falando. Quem viveu (ou vive) como o protagonista, mais ainda. Sim, meu caro, o capitalismo não é amigo da humanidade. Se o sistema socialista é o "lobo-mal" que quer devorar os três porquinhos, o liberal quer vender um porquinho pelo preço de dois, juntar o dinheiro e criar um império de venda de carne suína, passando por cima de quem for preciso.

Estas são afirmações soltas, mas... qual o fundamento? Como posso dizer... é a realidade das coisas quem o diz. Isso se constata olhando (ou vivendo) o mundo corporativo e suas consequências, em cujos detalhes não vou me deter, mas gostaria de dar um exemplo que desenvolverei daqui a três parágrafos: a indústria do aborto.

Por que isso ocorre? Porque o Liberalismo é uma ideologia que, como toda ideologia, não se curva diante da realidade, não se conforma com a objetividade do mundo e se põe, como o alemão do bigodinho, “para além do bem e do mal”.

Liberalismo e Socialismo – dicotomia grosseira que me provoca aversão – são duas correntes econômicas distintas que têm o mesmíssimo fundamento: o erro domaterialismo. O absurdo de tomar a felicidade nesta vida como o autêntico fim último do homem, como se não houvesse nenhuma “terra além-mar”, como se o homem fosse um animal com defeito de fábrica que anseia por um infinito inexistente.

O modo com que o Socialismo promete o paraíso na Terra creio que já conhecemos bem, mas e o Liberalismo? Como disse Tom Jobim, “o dinheiro não é tudo. Não se esqueça também do ouro, dos diamantes, da platina e das propriedades”; em outras palavras, a satisfação plena do homem vem pela soma dos bens materiais. O Liberalismo ignora que nesta vida apenas desenvolvemos a dignidade de ser feliz, aqui nos é dada a oportunidade de alargar o coração para receber o Prêmio.

Porém, por partir da premissa utilitária, a moral liberal possibilita atos desumanos como o aborto. Quem assistiu ao documentário "Blood Money" (clique aqui para assistirou assista mais abaixo) sabe perfeitamente o que é a indústria do aborto e tem uma ideia de quanto dinheiro ela movimenta, além da absoluta falta de humanidade envolvida no processo todo. Quem acompanhou o escândalo envolvendo o grupo abortista Planned Parenthood (clique aqui e leia) sabe o quão desumanos e frios podem ser os homens que têm no dinheiro o fim último de suas vidas.

Creio que o que disse até aqui tenha sido apenas uma breve introdução a um assunto tão profundo, que afeta tão diretamente a essência de nossas vidas, e que certos grupos estão propondo como alternativa política, econômica e cultural para o Brasil, nossa Terra de Santa Cruz.

Quero deixar claro que neste artigo tomei “Liberalismo” como termo genérico que compreende os princípios da doutrina de Adam Smith, da Escola Austríaca, da Escola de Chicago, – enfim a “doutrina” libertária de modo geral quanto aos princípios, já que essas diversas linhas de pensamentos têm diferenças. Sem babaquice ideológica, por favor, entendam os leitores que não estou aqui generalizando todas as situações.


Documentário 'Blood Money' dublado:


_________________
1. Referência à Fundamentação da Metafísica dos Costumes, de Immanuel Kant.
2. Referência ao livro “A Revolução dos Bichos”, de George Orwel.
3. Filme de Martin Scorsese protagonizado por Leonardo DiCaprio baseado nas memórias de Jordan Belfort, famoso corretor de títulos da bolsa norte-americana que retrata o modo de vida materialista levado às últimas consequências.

Postagens mais visitadas deste blog

SANGUE INUNDARÁ O BRASIL" - PROFECIA DE NOSSA SENHORA SOBRE O BRASIL EM 1936

"O
Os 3 grandes castigos! Fez-se inexplicável silêncio sobre as aparições de Nossa Senhora no agreste pernambucano em 1936 e caíram no esquecimento. Mas a Ssma. Virgem anunciara que viriam tempos calamitosos e três grandes castigos para o Brasil. No primeiro artigo, reproduzido abaixo, seu autor comenta essas previsões sobre o prisma da crise da Igreja e a ameaça comunista ao Brasil. O segundo texto, do grande lutador Pe. Júlio Maria, apresenta uma pormenorizada narração dessas aparições de 1936 em que Nossa Senhora anunciou que o sangue inundará o Brasil.
A VIRGEM SANTÍSSIMA AFIRMA QUE O BRASIL PASSARÁ POR UMA SANGRENTA REVOLUÇÃO PROMOVIDA PELO COMUNISMO! FRANCISCO ALMEIDA ARAÚJO *
Todos quantos me conhecem através de meus escritos, palestras, cursos e programas de Rádio e Televisão promovidos em todas as regiões do nosso querido Brasil, sabem da minha relutância em divulgar revelações particulares ainda não reconhecidas pelo Magistério da Igreja. No entanto, de todas as “revelações pa…

Reflexão sobre o Evangelho segundo S. Lucas, cap. 14, vs. 25 a 33

Leitura do Evangelho do 23º Domingo do Tempo Comum



No capítulo 14 do Evangelho segundo S. Lucas, vemos Jesus que quer preparar a todos os seus seguidores para o seu Sacrifício na Cruz, bem como para as consequências que implicam da decisão de segui-lo. O Senhor, com imensa decisão, resolve partir para Jerusalém, mesmo sabendo que caminha para a sua própria morte.
No versículo 25, Jesus vê que não está sozinho: grandes multidões o acompanhavam. O texto original em grego enfatiza que aquelas pessoas “caminhavam junto” com Ele. Aquelas pessoas vão com o Senhor, e Ele quer alertá-las, torná-las conscientes de para onde estão indo e em que implicará a decisão de acompanhá-lo. Parando no meio da jornada, Ele se volta para essas pessoas e lhes diz algo como: “Vocês querem ir comigo, mas vocês sabem qual é a realidade de ser meu discípulo?”.
Aquilo que devemos dar a Deus Pai, conforme descreve o capítulo 6 do Livro do Deuteronômio, ficamos sabendo que devemos dar também a Deus Filho: “Amarás o…

Moringa, uma planta com imensos benefícios

Se ainda não ouviu falar da moringa, vai, neste artigo ficar a conhecer uma planta com bastantes benefícios para a saúde e o bem-estar do corpo. Moringa (Moringa oleifera) é uma planta de origem tropical ainda pouca conhecida na Europa, embora o seu uso como suplemento dietético comece pouco a pouco a estender-se. Um número cada vez maior de estudos científicos associam a ingestão de moringa em pó com inúmeros benefícios para a saúde, como a melhoria da pressão arterial, da glicose, a redução do colesterol, entre os outros. A árvore da Moringa Oleifera atinge uma altura de 7-12 metros é, originária das zonas próximo do Himalaia (Índia e Paquistão), e muito popular em países tropicais e subtropicais da África, Ásia (Filipinas, Camboja), América do Sul e Central e no Havaí, onde também é cultivada. Moringa – um potencial suplemento dietético A árvore de Moringa vem sendo usada ao longo dos tempos como uma planta medicinal. Sendo por isso conhecida como árvore milagrosa. Todas as partes …