Pular para o conteúdo principal

Origem do mal (enquanto prática e vício) por John Henry Newman


Ó meus irmãos, não confessais que quando vossa mente começou a se abrir1, na proporção em que foi aberta, por essa mesma abertura se tornou rebelde contra o que reconhecia como dever? Na verdade, o vosso intelecto não estava já em conluio com a desobediência? Em vez de unir conhecimento e Religião, como poderias ter feito, não colocastes um contra o outro?

Por exemplo, não foi um dos primeiros exercícios voluntários de vossa mente saciar uma curiosidade condenável? Curiosidade a qual confessastes estar errada, que estava contra a vossa consciência satisfazê-la. Desejáveis conhecer uma série de coisas que não trariam bem algum conhecer. É assim que os meninos começam; assim que sua mente começa a se agitar, eles olham na direção errada, e dedicam-se ao que é mau. Esse é o seu primeiro passo no erro; o próximo uso de seu intelecto é colocar o que é mau em palavras: esse é o seu segundo passo no erro. Eles formam imagens e acolhem pensamentos que deveriam ser afastados, de si e dos outros, expressando-os. E então, o mau desvio que fazem, os outros pagam na mesma moeda. Um discurso errado provoca outro; e assim cresce entre eles, desde a infância, aquele miserável tom de conversa insinuando e sugerindo o mal, brincando, gracejando a respeito do pecado, fornecendo combustível para a imaginação inflamável e que dura por toda a vida, que está onde o mundo está, que é a própria 'fragrância' do mundo. Disto o mundo não pode prescindir, pois o mundo 'fala do que lhe transborda do coração' (Mt 12,34) e isto vai prevalecer em toda assembleia ordinária dos homens tão logo sintam-se à vontade e comecem a falar livremente – é uma espécie de culto vocal do Maligno, a que o Maligno escuta com especial satisfação, porque ele o considera a preparação para o pior pecado; pois maus pensamentos e más palavras precedem más ações.

John Henry Cardeal Newman ('Intellect, the
Instrument of Religious Training', em 'Sermons
Preached on Various Occasions'
), sermão pregado
na igreja da Universidade de Dublin, no ano 1856

____
1. Isto é, a fase – seja qual for, aqui as teorias pedagógicas não vêm ao caso – em que o ser humano começa a experimentar cognitivamente a noção de si mesmo e das suas relações com o outro e com o mundo que o cerca, resultando nos primeiros estabelecimentos da noção do certo e do errado. (N. do T.)

http://www.ofielcatolico.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

SANGUE INUNDARÁ O BRASIL" - PROFECIA DE NOSSA SENHORA SOBRE O BRASIL EM 1936

"O
Os 3 grandes castigos! Fez-se inexplicável silêncio sobre as aparições de Nossa Senhora no agreste pernambucano em 1936 e caíram no esquecimento. Mas a Ssma. Virgem anunciara que viriam tempos calamitosos e três grandes castigos para o Brasil. No primeiro artigo, reproduzido abaixo, seu autor comenta essas previsões sobre o prisma da crise da Igreja e a ameaça comunista ao Brasil. O segundo texto, do grande lutador Pe. Júlio Maria, apresenta uma pormenorizada narração dessas aparições de 1936 em que Nossa Senhora anunciou que o sangue inundará o Brasil.
A VIRGEM SANTÍSSIMA AFIRMA QUE O BRASIL PASSARÁ POR UMA SANGRENTA REVOLUÇÃO PROMOVIDA PELO COMUNISMO! FRANCISCO ALMEIDA ARAÚJO *
Todos quantos me conhecem através de meus escritos, palestras, cursos e programas de Rádio e Televisão promovidos em todas as regiões do nosso querido Brasil, sabem da minha relutância em divulgar revelações particulares ainda não reconhecidas pelo Magistério da Igreja. No entanto, de todas as “revelações pa…

Reflexão sobre o Evangelho segundo S. Lucas, cap. 14, vs. 25 a 33

Leitura do Evangelho do 23º Domingo do Tempo Comum



No capítulo 14 do Evangelho segundo S. Lucas, vemos Jesus que quer preparar a todos os seus seguidores para o seu Sacrifício na Cruz, bem como para as consequências que implicam da decisão de segui-lo. O Senhor, com imensa decisão, resolve partir para Jerusalém, mesmo sabendo que caminha para a sua própria morte.
No versículo 25, Jesus vê que não está sozinho: grandes multidões o acompanhavam. O texto original em grego enfatiza que aquelas pessoas “caminhavam junto” com Ele. Aquelas pessoas vão com o Senhor, e Ele quer alertá-las, torná-las conscientes de para onde estão indo e em que implicará a decisão de acompanhá-lo. Parando no meio da jornada, Ele se volta para essas pessoas e lhes diz algo como: “Vocês querem ir comigo, mas vocês sabem qual é a realidade de ser meu discípulo?”.
Aquilo que devemos dar a Deus Pai, conforme descreve o capítulo 6 do Livro do Deuteronômio, ficamos sabendo que devemos dar também a Deus Filho: “Amarás o…

Moringa, uma planta com imensos benefícios

Se ainda não ouviu falar da moringa, vai, neste artigo ficar a conhecer uma planta com bastantes benefícios para a saúde e o bem-estar do corpo. Moringa (Moringa oleifera) é uma planta de origem tropical ainda pouca conhecida na Europa, embora o seu uso como suplemento dietético comece pouco a pouco a estender-se. Um número cada vez maior de estudos científicos associam a ingestão de moringa em pó com inúmeros benefícios para a saúde, como a melhoria da pressão arterial, da glicose, a redução do colesterol, entre os outros. A árvore da Moringa Oleifera atinge uma altura de 7-12 metros é, originária das zonas próximo do Himalaia (Índia e Paquistão), e muito popular em países tropicais e subtropicais da África, Ásia (Filipinas, Camboja), América do Sul e Central e no Havaí, onde também é cultivada. Moringa – um potencial suplemento dietético A árvore de Moringa vem sendo usada ao longo dos tempos como uma planta medicinal. Sendo por isso conhecida como árvore milagrosa. Todas as partes …